Alesc aprova segundo impeachment de Carlos Moisés

Motivo é a compra de respiradores. Foram 36 votos a 2

A maior parte dos deputados afirmou que há indícios suficientes de crime de responsabilidade por parte de Moisés

O segundo pedido de impeachment contra o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), foi aprovado nesta terça-feira (20) pela Assembleia Legislativa (Alesc). O relatório que pede a continuação do processo foi aprovado por 36 votos a 2.

Este segundo processo foi motivado pela compra dos 200 respiradores por R$ 33 milhões no início da pandemia do novo coronavírus. Também foram alvo do relatório outras ações, como a tentativa de construção de um hospital de campanha, que acabou não se concretizando.

A maior parte dos deputados afirmou que há indícios suficientes de crime de responsabilidade por parte de Moisés. O advogado de defesa, Marcos Probst, disse que o governador não cometeu ato ilegal.