Quais as principais doenças urológicas?

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes
Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes

Há inúmeras patologias que assolam os indivíduos e as doenças urológicas são recorrentes entre os homens  e mulheres, independentemente da idade, afirma o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, por isso, fazer o  diagnóstico rápido e preciso torna-se essencial para evitar possíveis agravamentos e consequentes complicações, tornando, assim, o tratamento mais eficaz e consistente.

O Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes é um médico especialista em urologia formado pela UFRJ, Universidade Federal do Rio de Janeiro e mestre e doutor na mesma área pela Universidade Federal de São Paulo, com mais de duas décadas de experiência no ramo, comenta à nossa redação acerca das principais doenças urológicas.

A começar pela mais comum: a infecção urinária é um problema que acomete, em geral, as mulheres, tendo em vista a anatomia feminina que dispõe de uma uretra curta, de 3x a 4x menor que a dos homens, sendo assim, ocorre uma maior facilidade para contrair doenças infeciosas. Por esse motivo, manter uma boa higiene íntima, além dos cuidados preventivos necessários, são essenciais.

Além disso, a bexiga hiperativa é algo corriqueiro e consiste na vontade frequente de urinar. Ademais, por vezes, o paciente revela o surgimento de uma incontinência urinária. Dessa maneira, é indicado procurar um médico para acompanhar e tratar o distúrbio, pois, por mais que não configure um quadro grave, acaba se tornando um incômodo muito grande para o indivíduo, ressalta o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes.

Logo em seguida, há o temível câncer de bexiga, em que estão presentes sintomas fortíssimos como dor e ardência ao urinar, bexiga hiperativa, como já citado, e um dos sintomas que configuram um estado mais avançado da doença: a presença de urina no sangue. Além disso, cálculos renais se configuram em uma patologia extremamente comum, no Brasil.

Por fim, uma patologia recorrente é a disfunção erétil, a impotência sexual é a principal nessa categoria e ocorre principalmente por fatores psíquicos, como ansiedade e depressão, avulta o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, co-autor do livro Urologia Minimamente Invasiva.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui