CPI revela que Bolsonaro trocou reunião sobre vacinas por evento com Amado Batista

Bolsonaro
Bolsonaro trocou reunião importante sobre vacina da covid-19 para encontro com Amado Batista (Imagem: Divulgação/ Agência Brasil)

O depoimento à CPI da Covid do ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten, nesta quarta-feira (12), tem causando polêmica. Entre os vários assuntos, ele revelou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) trocou uma reunião importante para ir a evento de Amado Batista.

No mesmo dia em que o chefe do Executivo estava com o cantor que o apoia, o ex-secretário teve uma reunião com o CEO da Pfizer na América Latina, Carlos Murillo. Isso aconteceu, segundo ele, no dia 17 de novembro de 2020.

No encontro, segundo Wajngarten, Murillo disse: “Eu quero que o Brasil seja a vitrine da América Latina na vacinação da Pfizer”. Porém, o presidente preferiu não acertar nada com a Pfizer, na época. Uma mudança de postura só ocorreu meses depois, quando vários países já estava vacinando contra a covid-19.

O senador Renan Calheiros, relator da comissão, questionou na sequência ao depoente: “O presidente participou da reunião?”. “Desta, não”, respondeu o ex-chefe da Secom.

Neste mesmo dia, 17 de novembro, em que não participou da reunião com a farmacêutica norte-americana, Bolsonaro compareceu a uma cerimônia no Palácio do Planalto para o lançamento do selo comemorativo “Embratur 54 anos”.

Além de Amado Batista, a cerimônia contou com a presença do presidente da Embratur, Gilson Machado. Tudo foi transmitido pela TV Brasil, na época.

Na mesma data, o presidente também participou da reunião da 12ª Cúpula dos Brics, grupo de países que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que a OMS (Organização Mundial de Saúde) e a OMC (Organização Mundial do Comércio) precisavam de reformas.

Inclusive, nessa reunião dos Brics, o político falou sobre a pandemia do novo coronavírus: “Em 2020, o mundo enfrenta uma crise de contornos desafiadores. Mais uma vez, os países do Brics podem desempenhar papel central nos esforços da superação da Covid-19 e da retomada da economia”.

“O caminho para o crescimento econômico depende da cooperação focada em benefícios mútuos e no respeito das soberanias nacionais. Nesse aspecto, o Brics se destaca pela variedade de setores e atividades abrangidas pela iniciativa do grupo. Nossa cooperação deve incentivar a liberdade de criar e empreender. Estou certo de que há espaços para ampliarmos medidas de promoção comercial entre nossos mercados, incentivando uma maior interação entre setores privados de nossos países”, completou.

Luiz Fábio AlmeidaLuiz Fábio Almeida

Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e responsável pela coluna “Do Fundo do Baú”, publicada às quintas-feiras no RD1, com conteúdos marcantes da história da TV brasileira. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]

O post CPI revela que Bolsonaro trocou reunião sobre vacinas por evento com Amado Batista apareceu primeiro em RD1.