Você já ouviu falar sobre o termo perlage?

Marco Carbonari é empresário, enófilo, especialista em vinhos e é dono de uma vinícola renomada no interior do estado de São Paulo, a Villa Santa Maria. Dessa maneira, possui arcabouço para elucidar acerca dos termos da vinícola e dessa forma, desvendar os mistérios dessa bebida deliciosa. Confira o artigo e saiba do que se trata o termo perlage.

Os vinhos são bebidas deliciosas, repletas de nuances e propriedades que as tornam únicas. Dessa maneira, com a enorme variedade e opções no mercado, os vinhos podem ser tintos, brancos, frisantes e Champagnes etc. Portanto, para pessoas que amam vinhos, assim como Marco Carbonari, apreciar a bebida é uma experiência incrível.

Os termos envolvidos no mundo do vinho são inúmeros, são repletos de conceitos significativos, no caso de perlage, segundo Marco Carbonari é oriundo dos termos em italiano e francês, piccole e perles, respectivamente, os quais significam pequenas pérolas.

A junção de palavras que originaria o termo é referente a pérolas, pois retrata a sensação de borbulhas na boca provocadas por espumantes. Dessa forma, o especialista em vinhos Marco Carbonari diz que o termo é perfeito para quem aprecia um bom Champagne.

Desse modo, “o termo perlage demonstra as borbulhas e a sensação ocasionadas por elas na boca”, ressalta Marco Carbonari. Por isso, ao analisar a pelagem de um vinho,alguns critérios precisam ser levados em conta, como a quantidade, continuidade e duração das bolhas, o que demonstra ser um vinho de qualidade seguido desses termos.

Há diferentes métodos de confecção de um espumante, há o Charmat e o Champenoise, e a forma de obtenção da bebida resultará em uma perlage de maior ou menor qualidade, explica o enófilo Marco Carbonari.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui